Você tem tempo para Marketing Pessoal – Parte 2

Dando continuidade ao post anterior, vamos continuar a discutir alguns pontos que podem ajudar no seu marketing pessoal:

4 – Imprensa

No post anterior eu comentei sobre a necessidade de você escrever, de ter um  blog ou qualquer coisa que permita que suas idéias sejam vistas por outras pessoas. Infelizmente se você quer se destacar precisa divulgar suas idéias, se não é bom escrevendo, faça podcasts, palestras em vídeo, sei lá, mas se não fizer nenhum tipo de divulgação seu marketing não existe, simples assim.

Claro que escrevemos para que outras pessoas leiam, Depois de escrever é bacana divulgar seus artigos. Existem diversos sites que topam receber conteúdo de qualidade e divulgar, aqui mesmo no blog, se tiver a ver com meu assunto, for bem redigido, eu gostar, pode ter certeza que vou publicar (como fiz diversas vezes com algumas pessoas).zero_hora_080208

Procure por sites especializados no seu assunto, com certeza o que não faltam são opções, envie seu artigo e veja o que acontece. Seja persistente, mas não chato. Uma hora pode acontecer. Você não imagina quantas vezes eu mandei artigos para a Você S/A sem resposta, uma hora aconteceu.

Hoje eu utilizo uma assessoria de imprensa (excepcional), que está comigo desde que comecei nessa área de palestrante. Eles pegam os artigos e divulgam diretamente para o mailing de imprensa nacional. Conseguimos uma média de 60 publicações/mês com meus artigos nos mais variados veículos. Todas as principais revistase jornais do País sem exceção já publicaram algo sobre Christian, Tríade ou meus livros. Eu tenho publicado algumas coisas no www.triadps.com/imprensa.

Sempre que publico algum artigo surgem entrevistas, esse mês foram exatamente 22 entrevistas, isso significa que você precisa ter tempo para atender a imprensa. De que adianta publicar e a imprensa não te achar? Queima seu filme! Pense nisso!

5 – Vestuário

Esse é um item importante do marketing pessoal, dependendo da imagem que você queira passar sua forma de vestir é tudo! O João Doria uma vez me falou uma coisa que ficou na minha mente: “antes da pessoa saber quem você é ou o que você faz, ela vai ver como você se veste e nesse intervalo de tempo muita coisa pode ser construída ou destruída, por isso sempre se vista da forma que desejar ser comprado”.

Pode parecer elitista, mas é a maior verdade do mundo. Quando eu abri minha primeira empresa, eu tinha um jeito “nerd-de-van-guarda” de ser, como eu amava a Disney e queria ser diferente, usava gravata do Mickey, boné e bota. Uma coisa assombrosa. Ainda vou achar uma foto e colocar aqui.

Você não precisa gastar com roupas de marca, mas precisa se vestir de acordo com seu negócio. Se você for advogado, terno e gravata são essenciais. Se você for publicitário, uma roupa estilo “banda Restart ou Hori” será bem aceita. Eu amo terno e gravata, mas adotei o estilo mais casual, afinal vendo qualidade de vida e uma gravata não passa essa mensagem. Para mim um blazer, uma camisa com jeans está ótimo!

Agora, quando eu fui ao programa do João, fui de terno e gravata, pois é o estilo do programa. Quando faço palestra pra alta direção que é formal, coloco a gravata. Quando é menos formal, vou sem a gravata. A mensagem é: tenha seu estilo, mas adapta-se ao ambiente. (ps.: se quiser tenho uma amiga Personal Stylist, deixa um comentário que passo os dados de contato)

Já escrevi demais! Vou parar esse post por aqui e depois trabalho mais alguns itens na parte 3!

Sucesso para você!

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 363 outros seguidores