Os realizadores, os conformados e os procrastinadores.

Uma forma fácil de entendermos o ritmo produtivo e evolução das pessoas é dividi-lo em três grandes grupos:

  • Os realizadores – são aqueles que saem do lugar e fa zem alguma coisa seja para atingir seus objetivos, dar saltos na carreira, viver melhor seus relacionamentos e ter mais saúde e prosperidade em todos os sentidos.
  • Os conformados – são aqueles que já assumiram que simplesmente não barriga-cerveceradá pra mudar, que a vida é assim mesmo, que ele não nasceu com o “rabicó” virado para a lua e que acredita que time que está empantando pelo menos não tá perdendo.
  • Os procrastinadores – são aqueles que até tem vontade d e mudar, de fazer algo diferente, que se motivam para criar planos, mas na hora H alguma coisa os impede de dar o próximo passo.

A parte triste dessa divisão é que todo mundo, pelo menos uma vez na vida, já teve um desses perfis presente na sua rotina. Não é verdade? Ninguém é 100% realizador. Com certeza, o Bill Gates, Steve Jobs, Sílvio Santos, João Doria ou qualquer outro desses personagens que são extremamente bem sucedidos, já tiveram seus dias de procrastinadores e conformados.

Só que essas pessoas tem uma coisa em comum: eles conseguem administrar esses perfis e voltam rapidamente para o perfil realizador. Eles entendem que ninguém é inabalável, mas que todos tem uma capacidade inigualável de seguir em frente, no perfil adequado.

Em qual perfil você está vivendo hoje em dia? Que tal aproveitar que praticamente 50% do ano já foi embora para começar a viver no perfil mais adequado?

Entrar no perfil dos realizadores não é uma coisa do outro mundo, se eu pudesse definir 5 passos chave para começar a realizar, eles seriam:

1 – Aprenda a administrar bem o tempo que você tem para ter mais energia para caixamagicafocar nas coisas que você gostaria de realizar.

2 – Defina 1-2 pequenas ou médias realizações que gostaria de ter nesse próximo semestre, compartilhe com uma pessoa de extrema confiança e siga os passos nesse post para montar o objetivo.

3 – Crie uma disciplina mental de pelo menos diariamente ler e revisar os planos dessas realizações. Algo que o mantenha conectado ao que deve ser feito.

4 – Ache uma forma de vencer a procrastinação ou o confirmismo quando ele aparecer. Pode ser um vídeo, um filme motivador, um amigo que possa dar força, uma saco de porrada, etc. Toda vez que eu fico desmotivado, eu visito o site do meu concorrente mais medíocre e que faz o maior sucesso nos EUA, impressionante como isso me anima e me faz sair do lugar.

5 – Faça um mapa mental com as possibilidades de mudanças, próximos passos, idéias ou pequenas coisas que podem te ajudar a chegar no seu resultado. A função desse exercício é colocar sua mente para criar ações executáveis e não apenas “contemplações conformistas”.

Se não conhecer a técnica de mapas mentais, rabisque em uma folha de papel uma linha de um ponto A para o ponto B e no meio da linha comece a colocar pequenas ações (ou idéias) que vão te ajudar a chegar lá, depois refine esse rascunho em ações com datas na agenda. Veja esse exemplo:

image

E você? Que dicas você tem para sair da Procrastinação ou do Conformismo?

9 Respostas

  1. Oi Christian! Excelente texto. É sempre bom ler coisas assim, serviu pra me dar um alerta… estou meio “procrastinadora” ultimamente.

    O que eu faço pra tentar não procrastinar:

    - Meu outlook fica fechado. Abro de vez em quando.

    - Não deixo o envelopinho do meu outlook aparecer na tela, pra eu não sair correndo e ver o que é.

    - Minha página principal do browser é “em branco”, pra não ficar me distraindo e entrando em sites que não é o foco no momento.

    - E-mail pessoal só 3 x por dia: de manhã, depois do almoço e antes de ir embora (mas quero diminuir pra 2 x).

    E ler seus textos, sempre motivadores!

    Abraço.

    Tatiana T.

  2. Excelente texto Christian!

    Uma das coisas que fiquei mais feliz foi ver que a descrição para os realizadores é “são aqueles que saem do lugar”.

    Ótimas dicas também pra fugir da procrastinação.

    Abraços!

  3. [...] Este post é uma adaptação do blog Mais Tempo. [...]

  4. Olá Christian,
    de acordo com este texto estou caminho certo para minhas realizações profissionais e pessoais =D

    Sabe o que estou sentindo falta aqui no blog? Aquela série de videos-post que você tinha planejada para este ano.

    Um forte abraço,
    Jùnior

  5. Olá Christian,

    Quero reinterar a colocação do nosso colega Júnior Gonçalves a respeito dos videos-post, tava legal… e se precisar de colaboração da um toque pra gente.

    Abraços!

    • OK! Vou voltar a fazer! Eu tava meio que desistindo porque não tava gostando muito da qualidade, mas vou voltar!

  6. São sugestões interessantes sim, mas eu ainda fico pensando que as vezes nós precisamos de mais detalhamento do que pode ser feito.

    Por exemplo, quando eu faço algo fora do meu planejamento diário eu costumo anotar também, porque tem dias que precisamos ser “Bombeiro” e no final dá impressão de que não trabalhamos direito.

    Mas como dizer para meu chefe que as reuniões atrapalham o adamento das minhas atividades, por exemplo?

  7. estou no meio da procrastinacao mais vou sair desta e esses artigos tem me ajudado a refletir que as 40 anos nao tenho sido tao produtiva como gostaria so penso.obrigado pela força

  8. [...] procrastinadores, aqueles que adiam suas tarefas até o máximo possível, são vistos por [...]

Responder

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 339 outros seguidores