5 estratégias para tornar sua manhã mais produtiva

manha produtiva

1 – Pense em seus objetivos durante o banho

Ao invés de cantar no chuveiro, visualize como seria se seus objetivos já estivessem realizados, como se fossem parte da sua vida presente, o que as pessoas falariam, o que você faz com as suas conquistas. Reflita nas suas ações como se tudo já tivesse acontecido. Agradeça pela realização. Seja grato a quem lhe ajudou. Pensar nos resultados futuros é um motivador diário e faz com que você conecte-se com as coisas importantes e prioritárias do dia.

 2 – Tome um excelente café da manhã

Esqueça aquele cafezinho com açúcar cheio de pressa que você toma enquanto procura a carteira para ir trabalhar. Reserve 10 minutos para sentar-se à mesa e tomar um café da manhã decente. Com pães, frutas, cereais, etc. Se ao acordar você não tem tempo de preparar a refeição, organize tudo no dia anterior. Se você não consegue 10 minutos para tomar um café de jeito algum, então esquece, você é um caso perdido! Lembra que quem quer faz, quem não quer arruma uma desculpa.

3- Ouça músicas ‘tesão’ no caminho para o trabalho

Seja no celular, no pendrive, no CD ou em qualquer outro meio, você precisa preparar um conjunto de pelo menos 7 músicas que te empolgam. Que te deixam pilhado, com vontade de sair abraçando o mundo. Pode ser no estilo “Simple the Best”, Sertanejo, MPB, ROCK, seja lá o que você gostar. O objetivo aqui é conectar-se com pílulas de empolgação musical.  Não vale rádio. Tem de ser uma playlist pessoal e especial.

4 – Revise as Prioridades

Chegou no trabalho, revise o e-mail (revise, não fique trabalhando nele!), revise as prioridades não cumpridas no dia anterior e ajuste a sua lista de prioridades. Pense nas atividades que precisam ser realmente atingidas no dia e planeje-as para que sejam executadas no melhor momento do seu dia.

5 – Beba água quente com limão

Isso é novo, mas tem muita gente comentado sobre os benefícios de beber água morna com gotas de limão. Além de ter vitamina C, regular o Ph do corpo, proteger o sistema imunológico,a combinação estimula seu raciocínio. O potássio do limão ajuda a nutrir seu cérebro. Eu tenho experimentado em alguns momentos, claro que o efeito não é igual ao espinafre para o Popeye, mas li tantos estudos sobre isso hoje que nem que seja por efeito placebo já dá uma ajuda.

Como influenciar a equipe a ter mais produtividade e menos urgências?

Eu gravei essa entrevista com o Rafael Souza, que é líder no grupo segurador BB & Mapfre, onde ele conta como influenciou seu time a reduzir o volume de urgências, entender o uso da Tríade do Tempo no dia-a-dia e ajudar a tarem mais consciência sobre sua qualidade de vida.

Não importa o tamanho da sua equipe e os problemas que eles estão enfrentando de produtividade, quando alguém levanta a bandeira da mudança, usa o método correto e busca o apoio do time nessa jornada, o resultado aparece.

Eu sempre digo que líderes produtivos criam equipes produtivas, e não apenas isso, destacam-se na carreira. O Rafael foi reconhecido até pelo presidente da empresa e seu projeto da Tríade, saiu em todos os veículos de comunicação do grupo.

Vale a pena investir alguns minutos nesse vídeo!

 

 

9 Sinais que você está vivendo uma vida que não queria

Sabe o que mais tem no mundo? Gente infeliz com o que está fazendo da vida. Gente apenas sobrevivendo ao invés de viver de verdade. Gente que nunca vai conseguir ter tempo de verdade, pois não há um verdadeiro motivo para se ter mais tempo. Essa foi uma semana de encontrar gente nesse estágio da vida, dura realidade, mas cada vez mais comum. Será que você está nesse estágio? Veja alguns sinais que podem indicar isso.

unhappy

1 – Segunda-feira é um martírio

Quem acorda na segunda-feira, imaginando que está indo para um velório, sem qualquer disposição de fazer acontecer, tem um dos sintomas clássicos da sobrevivência.

2 – Reclama sem saber o porque

Tudo tá chato? Tudo é um saco? Sem vontade de fazer muita coisa? Você “bufa” várias vezes por hora com aquelas coisas que aparecem no meio do seu dia? Se você está reclamando de tudo, a toda hora, para todo mundo, você está no caminho de se tornar um “walking dead” (zumbi da vida).

3 – O dia não acaba com aquela vontade de quero mais

Sabe quando seu dia termina, você está tão cansado, esgotado e ainda tem um monte de trabalho para ser feito? Será que você sente aquele tesão de fazer um pouco mais, de tanto que gosta do que está fazendo ou não vê a hora de sair pela porta? (eu não estou dizendo que é para fazer cansado, trabalhar amis, estou só perguntando se dá a vontade..)

4 – Faz mais coisas pessoais no trabalho que profissionais

Você chega no trabalho, começa a tocar o dia, daqui a pouco começa uma preguiça e ai você começa a procurar coisas sobre seu TCC, faz coisas do seu trabalho extra, procura da sua próxima viagem, etc. Fazer coisas pessoais durante o trabalho não tem problema, se forem no tempo certo e no tamanho do bom senso. Agora quando toda hora você foge para o pessoal, ai tem algo errado.

5 – Vive procurando outras oportunidades de emprego

Você vive nos sites de emprego mandando seu currículo e buscando outras oportunidades? Esse é um outro sintoma de que algo está errado com a oportunidade atual. Querer melhorar é natural do ser humano, mas será que você tem um foco específico para isso ou está aleatoriamente buscando algo diferente?

6 – Sem tempo pessoal de qualidade

Há quanto tempo você não faz algo realmente de qualidade para você mesmo? Seu tempo pessoal é prioridade ou é raridade? Pessoas que sobrevivem não conseguem encaixar muito prazer na agenda, são apenas levadas pelo grupo em eventos sociais, mas algo que goste de verdade fica em segundo plano.

7 – Sensação de que está faltando algo

Pessoas que estão sobrevivendo, vivem com a sensação de que precisam de algo diferente, mudar a vida, dar a guinada, fazer sucesso de verdade. É um pensamento que vai e volta constantemente mas sem muitas respostas práticas.

8 – Ausência de desafios

Quem não tem um grande desafio para sua vida, algo que realmente motive de verdade, acaba entrando nesse ciclo de sobrevivência. Esse objetivo pode ser algo profissional como um novo projeto, uma meta desafiadora ou algo pessoal, como um curso, uma certificação, um empreendimento, etc.

9 – Foco no presente, futuro incerto.

Esse é um conceito para um artigo sozinho, mas o resumo é que muitas pessoas só conseguem enxergar o hoje e nem querem imaginar o que será amanhã. Vivem o presente até esgotá-lo sem criar um futuro que permita uma vida plena. A vida está tão no automático que essa construção do amanhã não é muito levada em consideração.

Quantos dos sintomas acima estão na sua vida? Se forem mais de 3 ligue o farol amarelo, se forem mais de 5 você está no farol vermelho e precisa fazer algo urgente por você. Estou preparando um conteúdo gratuito para ajudar você a sair do lugar que vou lançar no começo do ano. Se quiser participar deixa seu e-mail aqui e já aproveita para assistir esse vídeo de planejamento de ano novo que tem várias dicas para começar a viver ao invés de sobreviver.

3 erros estruturais que acabam com a produtividade das Reuniões

Que as reuniões são um problema gigante nas empresas de qualquer porte, todo mundo já sabe, porém é um problema passível de solução. Não vou dizer que é simples ou fácil, mas é algo realmente factível.

Há muitos anos desenvolvemos na TriadPS programas para redução ou melhora das reuniões. Tivemos sucesso em boa parte dos casos, com redução de milhares de reais em reuniões. O que torna o assunto ainda mais delicado de falar, pois quem gostaria de divulgar que na sua gestão havia um desperdício de alguns milhões com reuniões inúteis? O que vejo é que os líderes estão começando a querer lutar essa batalha o que é legal.

badmeetings

Nesse tempo todo, trabalhando com esses processos, aprender com os projetos onde falhamos é o mais importante, pois ali está a sabedoria de acertar na próxima. Selecionei três pontos que prejudicam o processo de melhoria das reuniões na empresa.

1 – Reunião improdutiva é a forma mais simples de mascarar a ineficiência.

Você com certeza conhece uma série de profissionais, líderes e parceiros que disfarçam sua incapacidade através de reuniões e mais reuniões. Se não são capazes de tomar a decisão ou se tem medo de decidir sozinhos, porque não agendar mais encontros para conversar sobre? Esse é o tipo de caso, onde um processo de reuniões eficiente, pode ser perigoso para quem está se mascarando. Ai o boicote é natural, mesmo que na surdina as coisas não vão acontecer.

Não adianta apenas treinamento, campanha ou discurso se os líderes e as equipes não se envolverem, de verdade. Se não aceitarem que o problema não é apenas a reunião, mas também nas decisões. É preciso que o processo comece e continue em um crescente, olhando em vários aspectos ou todos os velhos hábitos voltam a se instalar rapidamente.

2 – Condutores (ou consultores) ruins destruindo a possibilidade de melhorar

Estive em um cliente para conduzir a reunião de conselho deles. Antes e no começo da condução, senti um certo descrédito dos participantes, mas não sabia exatamente o porquê. Depois de fecharmos a reunião prevista para durar 4h bem antes, um diretor contou a história.

Eles haviam contratado para a reunião anterior, um “consultor de reuniões”, depois de assistir um curso online sobre reuniões. Eu vi o curso, um resumo muito mal feito do meu livro Estou em Reunião (inclusive feio de não citar a fonte das pesquisas e do conteúdo que mostrou). Resultado: o cara foi tão mal que nem conseguiu terminar a reunião, foi expulso no meio.

Leva tempo para formar um condutor profissional de reuniões, nesse caso o tempo é que faz a experiência e não a leitura de livros ou cursos apenas. Se o cara não tiver pelo menos 400 horas de condução no histórico, com técnicas adequadas, não vai conseguir lidar com os problemas da dinâmica de uma reunião mais complexa. E ai todo o processo cai em descrédito, o que é péssimo. Tem gente boa no mercado, séria, porém para cada bom profissional existe o quádruplo de ruins. Selecione bem.

3 – Tecnologia mal aplicada

Muitas empresas compraram tecnologias caríssimas de teleconferência, vídeo presença, etc. Tecnologia funciona, se bem aplicada. A questão é realmente saber quando, como e onde usar, treinar as pessoas corretamente e medir o retorno desse investimento.

Tenho discutido muito com o pessoal da Added e da Cisco, de forma a criar métricas para a empresa que o investimento nessas tecnologias realmente reduz custos, aumenta a produtividade e que o ROI vai fazer todo o processo ser pago em poucos meses.

Tecnologia de reunião, não é apenas ligar uma câmera no Skype do seu computador e sair fazendo a reunião é um processo completo de colaboração que envolve diversos conceitos.

É possível melhorar as reuniões da sua empresa. Deve fazer parte da estratégia, de toda a direitoria, de toda a empresa. Tudo começar por querer melhorar, depois com as técnicas e a tecnologia certa o processo começa a fluir.

Até a próxima!

Carros: Escolha Bem e Economize Tempo by Leandro Mattera

Com o desespero das montadoras devido ao péssimo ritmo do mercado, começou a onda de descontos e juros zero. Esse post do Leandro, que é um especialista em carros, vem bem a calhar para você escolher o carro certo, sem perder tempo e dinheiro.

 

Nos últimos anos, aumentaram as opções de carros no Brasil, com lançamentos e a chegada de novas marcas. Com tantas possibilidades, o processo de escolha de qual carro comprar pode ser demorado.

Esse cenário é mais complexo porque temos os veículos mais caros do mundo. Além disso, grande parte não oferece padrões adequados de qualidade e segurança, quando comparados com similares do Primeiro Mundo.

Como sabemos, quando há muitas opções, podemos ter dificuldades para decidir. Isso pode levar à procrastinação, a pesquisas intermináveis ou a decisões equivocadas, que costumam envolver:

(i) Compras impulsivas, normalmente motivadas pelo design;

(ii) Influências externas, como do marketing ou de amigos e familiares; ou

(iii) Análise superficial dos impactos financeiros.

Para superar essas situações com eficiência, foi desenvolvido o Método “Seu Carro C.E.R.T.O”, considerando a minha experiência como consultor automotivo pessoal na Carro e Dinheiro. Basicamente, os fatores que merecem análise são:

a. Necessidades: o que efetivamente é preciso em um determinado veículo, conforme o perfil pessoal;

b. Qualidade: para identificar um bom carro, em termos de projeto e características;

c. Segurança: considerando mecanismos de segurança ativa e passiva, com o objetivo de evitar acidentes ou atenuar seus resultados;

d. Finanças: levando em conta todos os impactos financeiros ao longo do tempo, desde a compra até a venda;

e. Lado Emocional: para conciliar o gosto pessoal, após a verificação de todas as outras prioridades.

É aconselhável realizar esse processo de pesquisa antes das visitas às concessionárias. A sugestão é chegar às três melhores opções teóricas e, depois, avaliar as condições reais, inclusive realizando o test-drive.

Uma boa escolha pode gerar mais tranquilidade. Para tanto, recomenda-se priorizar marcas com bom pós-venda, cujos intervalos para revisão sejam maiores e que apresentem boa disponibilidade de peças.

Nesse sentido, pensando nas pessoas que dão valor ao seu dinheiro e ao seu tempo, recentemente publiquei o livro digital “Como Escolher o seu Carro Ideal”, que convido você a conhecer no site: www.oseucarroideal.com.br.

Afinal, somente com escolhas mais conscientes dos consumidores é que poderemos ter melhores condições no nosso mercado.

Obrigado pela atenção.

Leandro Mattera

Especialista no tema carros e finanças, é fundador e Consultor Automotivo na CARRO E DINHEIRO – Consultoria Automotiva Pessoal. Autor do livro digital "Como Escolher o seu Carro Ideal".

10 Perguntas e Respostas para Empreender de forma produtiva

Recebi uma entrevista por e-mail com 10 perguntas de como um empreendedor pode fazer para ser mais produtiva e a empresa ter mais resultados. Como escrever tudo seria muito tempo, gravei um vídeo com as respostas.

Veja o que acha. Serve para quem já empreende e para quem pensa em empreender.

image

Link direto do youtube:http://goo.gl/Mju8kK

10 dicas para você ser mais produtivo quando vier para o Vale do Silício e San Francisco

SiliconValley-082013

Desde que comecei a empreitada do Goboxi eu praticamente estou mais aqui em San Francisco do que no Brasil. Minha intenção por enquanto, não é residir aqui. Tenho muita coisa rolando no Brasil e preciso ficar no bate volta mesmo. Porém, com tantas idas e vindas a gente vai aprendendo alguns macetes. Na minha opinião, separei algumas dicas para quem estiver afim de visitar esse ecossistema empreendedor e tirar maior proveito:

1 – Visitas em Grupo

Eu recebi hoje na minha página uma pergunta do porque não criar uma “excursão de empreendedores para o Vale”. Pergunta interessante, pois esse modelo de “turismo empreendedor” está bombando ai no Brasil. Se antes a Tia Augusta levava você para a Disney, agora você tem diversos empreendedores que tem como “hobby” serem a Tia Augusta aqui do Vale do Silício.

Se você nunca veio para os Estados Unidos, seu inglês é básico e não tem nenhuma conexão por aqui, sem dúvida essa opção é válida, pode te dar acessos a empresas e locais onde sozinho você nunca conseguiria ir. Porém, está rolando até excursão onde o povo vai na “Best Buy” (similar a FastShop para quem não conhece) para ver como o modelo de varejo americano funciona ou que param na porta do Facebook para tirar foto do lado do “like”. Enfim, seja seletivo na escolha, vejo o roteiro, veja se terá visita dentro da empresa, se vão dar algum conteúdo interessante de verdade. Se não tiver nada disso, pede pelo menos um bonezinho para não se perder… tipo a Tia Augusta dava para as crianças lá na Disney.

2 – Planeje com antecedência

Não adianta querer visitar sem ter um bom plano do que vai fazer por aqui. Chegar e sair buscando o que fazer não rola muito. Isso inclui inclusive hotéis, carro e deslocamento. San Francisco é uma cidade cara para estacionar (você chega a gastar US$ 30 por até 3h), e ir a pé nem sempre é viável, por isso criar um roteiro de visitas que permita colocar o carro em um local central e se deslocar a pé em reuniões perto ajuda bastante. Eu fiz as contas e pelo meu nível de deslocamento usar taxi, uber ou Zipcar ficaria praticamente igual a alugar um carro, então prefiro ter o carro. Claro que tem os defensores da caminhada, ônibus, carona, bicicleta, etc. até porque a região é bem servida de transporte público, mas para meu budget o carro não mata, ai vale analisar o seu.

3 – Use o linkedin para reuniões

Quando eu preciso de algum perfil para alguma coisa eu gosto de procurar no LinkedIn e começo uma conversa com a pessoa. Aqui nos EUA isso realmente funciona. Em geral consigo um café para discutir algum assunto. Claro que isso não é do dia para a noite, por isso faça sempre o mais rápido possível. Reciprocidade funciona muito para persuadir alguém a te receber. Sempre pense o que você pode dar para a pessoa. Eu consegui o contato de um professor de Stanford, pois falei que era especialista em produtividade, ai ele disse que realmente seria muito bom ter mais tempo. Eu falei que o dia que ele me encontrasse daria 5 dicas de Windows e E-mail que iam dar pelo menos 30 minutos a mais por dia pra ele. Resultado: café aceito e algumas indicações de alunos para entrevista de trabalho para Goboxi.

4 – Para criar networking procure por eventos

Existem algumas comunidades aqui no Vale que conectam pessoas, aliás essa é a pegada por aqui: um ajudando o outro a criar conexões. A BayBrazil por exemplo, presidida pela Margarise (brasileira que mora aqui há mais de 20 anos) tem diversos eventos desse tipo e pode ajudar você a dar os primeiros passos no mundo empreendedor por aqui. Eu gosto também de ver o site Meetup.com ou Eventbrite.com, que tem diversos eventos legais acontecendo. Selecione aqueles do seu interesse, faça sua inscrição e no evento faça contatos. Com certeza descobrirá outras coisas que estão rolando do seu interesse na região. Aliás esse pode ser um excelente assunto para perguntar para alguém no Linkedin que ainda não conhece.

meetupsvalley

5 – Tenha foco, mas seja flexível

Foco e flexibilidade parecem palavras antagônicas, mas na verdade são complementares. Se você não tiver foco, vai se perder aqui no Vale. Com tantos eventos, reuniões, pitchs, competições, lugares e empresas para visitar, você vai ficar com a agenda apertada. Vai ter muita ação para pouco resultado. Crie um plano e fique focado nele. Porém se algo realmente interessante aparecer, que tenha uma relação direta com o que você está buscando, então seja flexível e adapte sua agenda para isso. Sem plano vai se perder. Sem flexibilidade vai perder sacadas. Tenha os dois sempre.

6 – Utilize um coworking

Se quiser respirar um pouco do dia a dia empreendedor do Vale, procure um espaço de coworking e passe uma tarde trabalhando por lá. Faça contatos, troque cartões, pergunte sobre as empresas que estão ali e participe dos happy hours. Eu tenho uma opinião bem definida sobre coworking conforme já escrevi em um artigo anterior, mas nesse caso eu realmente recomendo a experiência. Se quiser recomendações: WeDoWork, Geekdom, StartupHQ, CitizenSpace ou Founder Space.

7 – Não seja Tonto

Esse não vale só para o Vale do Silício, mas é vital reforçar. Se você for viajante de primeira viagem, saiba que aqui as leis funcionam e são aplicadas de verdade. Então cuidado com a cultura do “jeitinho” pois aqui o “jeitinho” pode te dar problemas. Eu já tomei multa por 2 minutos que deixei vencer o meu estacionamento. Eu quase fui preso e tive uma arma apontada pra mim, pois não achava minha carteira no carro e fiz movimentos bruscos quando ele mandou ficar parado. Sair pulando feito uma gazela alegre na Av. Paulista, depois de uma balada pode ser normal por ai, mas aqui vai dar meleca. Você pode ser preso por intoxicação pública. Seja turista, se está em Roma seja Romano, não seja babaca.

8 – Cuidado com segurança

Pode parecer estranha essa dica, mas eu tive o carro de um amigo arrombado, parado no estacionamento da Union Square (San Francisco) enquanto estávamos jantando. Claro que aqui não vai rolar sequestro relâmpago, mas não dá para dar mole. Se estiver de carro, deixe tudo no porta malas e nada visível se não quiser visitar a Polícia.

9 – Tenha telefone e Internet

Ficar no Vale sem Internet é tipo visitar a Itália e não comer massa. Aplicativos como Waze, Yelp, GasBuddy, AmazonMobile e Hotel Tonight são muito bem vindos e para isso você precisa de Internet. Se você for em qualquer loja AT&T ou T-Mobile pode comprar um chip com Internet e ligações ilimitadas para o Brasil por US$ 60. Para evitar o roaming e receber chamadas do meu celular no Brasil aqui nos EUA, eu uso o KICKSIM, que é um serviço gratuito que direciona as minhas chamadas aqui para o meu celular dos EUA sem pagar roaming, ou seja, nada de pagar valores absurdos para Vivo, TIM, Claro, etc.. é de graça e funciona perfeito.

10 – Dica de Roteiro

Para fechar, eu fiz um roteiro que costumo mandar para meus amigos com locais para uma visita turística, depois que acabarem suas reuniões de negócios (claro que apenas lugares bons e nada maligno com uma maçã).

1 – FACEBOOK: 1601 Willow Rd, Menlo Park, CA 94025

2 – Google’s lugar da fundação (1998): 232 Santa Margarita, Menlo Park

3 – Hewlett-Packard Garagem (1937), onde William Hewlett e David Packard começaram a HP: 367 Addison Avenue, Palo Alto

4 – Google First Office: 165 University Avenue , Palo Alto

5 – Frys: 340 Portage Ave, Palo Alto, CA – alternativa a Best Buy com o triplo do tamanho‎

6 – Stanford University: 450 Serra Mall, Stanford, CA 94305

7 – Google: 1600 Amphitheatre Pkwy, Mountain View, CA 94043

8 – Computer History Museum 1401 N Shoreline Boulevard, Mountain View, CA 94043

9 -  The Intel Museum and Intel Museum Store - 2200 Mission College Boulevard – Santa Clara, CA 95054

10 – The Tech Museum of Innovation -  201 South Market Street -San Jose, CA 95113

Espero que sua visita seja produtiva. Se tiver alguma pergunta, faça um comentário. Assim que juntar uma quantidade bacana de perguntas eu faço a parte dois desse post com as respostas que eu puder responder.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 376 outros seguidores